• Reno Tavares

Projeto Mulheres de Visão concorre ao Prêmio Piauí de Inclusão Social


Jornalista entrevistando as participantes do Projeto

“Uma visão empreendedora, que não depende de aspectos físicos, mas de sabedoria, inteligência e colocar para frente aquilo que elas fazem bem”. Essa frase compõe uma das  reportagens feitas com o Projeto Mulheres de Visão, que está concorrendo ao Prêmio Piauí de Inclusão Social, organizado pelo Grupo Meio Norte.

As reportagens estão disponibilizadas no portal meionorte.com e a outra no Youtube. Iraildon Mota, presidente da Escola Comradio e do Instituto Ileve expressa o contentamento da participação do Projeto na iniciativa.  “Primeiro reconhece uma atividade inovadora da qual tem como desafio maior fazer com que mulheres cegas empreendam. E obviamente, que está no meio de organizações sociais contempladas com o convite ou com a possibilidade de ganhar um prêmio como esse, engrandece muito a organização”, disse o presidente.


Equipe de reportagem da Rede Meio Norte entrevistando Iraildon Mota

O Prêmio está na sua 15ª edição. Tem como propósito incentivar as ações de responsabilidade social do Estado do Piauí. Iraldon Mota, ainda falou que concorrer ao prêmio, “ajuda a organização social e o próprio projeto a ter um reconhecimento do seu trabalho. E também promove a temática que temos trabalhado no Projeto Mulheres de Visão que é expandir a possibilidade que a mulher cega possa ser empreendedora também. Estamos muito felizes com esse resultado nesse prêmio”, afirmou.

Acesse o link  da reportagem no Portal meionorte.com  e também assista ao conteúdo produzido para a TV Meio Norte. 

4 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Spotify