Blog

Mulheres de Visão é destaque em publicação nacional da OAB


A Ordem dos Advogados do Brasil publicou a segunda edição do livro "Comentários aos Direitos das Pessoas com Deficiência". Ele foi produzido e organizado pela Comissão Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Conselho Federal da OAB. O resultado desse trabalho foi um compilado de artigos que refletem sobre a realidade jurídica e social das pessoas com deficiência no Brasil.


Um dos artigos publicados, escrito pelos advogados Joaquim Santana Neto e Ismael de Sousa da Silva, destaca a iniciativa do projeto Mulheres de Visão quanto ao cenário atual da mulher com deficiência visual, suas conquistas e acessibilidade no mercado de

trabalho.


Mulher cadeirante sentada à mesa sorri olhando para  o horizonte
Barreiras atitudinais desafiam a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Segundo os autores, "um dos principais fatores para que haja de fato a inclusão social no mercado de trabalho são as empresas que devem efetuar mudanças nas suas práticas administrativas assim como também conscientizar todos os seus funcionários sobre a inclusão, para que evite atitudes discriminatórias e as potencialidades dessas pessoas possam ser desenvolvidas da melhor maneira."


Neste sentido, o projeto Mulheres de Visão tem desenvolvido ações de impacto para promover a inclusão e acessibilidade das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A mais recente iniciativa é uma pesquisa que vai mapear desafios e oportunidades de acessibilidade nas empresas do Piauí.


A pesquisa, que é inédita no estado, é direcionada para empresas com mais de 100 colcaboradores em diversos seguimentos, como educação, comércio, comunicação, serviços, alimentação, entre outros. O questionário avalia desde o cumprimento da Lei de Cotas, adaptação estrutural do ambiente de trabalho até barreiras atitudinais na cultura organizacional das empresas.


Para participar, acesse O Mundo do Trabalho e a Acessibilidade nas Empresas .