Blog

Encontro de Estudantes discute mercado de trabalho para PCDs


Acessibilidade e inclusão no mercado de trabalho entram em pauta no II Encontro com Estudantes Público-Alvo da Educação Especial da UFPI.


O debate online será realizado nesta sexta-feira, 17 de junho, pelo Núcleo de Acessibilidade da UFPI, com o objetivo do evento é fomentar o debate e esclarecer paradigmas acerca da inclusão social de pessoas com deficiência no âmbito universitário e no mercado de trabalho.

cartaz do evento com fundo cinza e título central à esquerda “II Encontro com estudantes público-alvo da educação especial da UFPI”, com letras brancas e fundo azul, logo acima, escrito “Live”, em amarelo e a imagem de pessoas com deficiência representadas em desenho. Logo abaixo ao título central, o texto “sexta, 17/06-8h00”, em amarelo. Logo à direita do cartaz o(a)s palestrantes, Rafaella Menezes- assistente social do Projeto Trabalho Acessível-ASA, Rebecca Rocha- IFCE e Iraildon Mota, Criador e coordenador do Projeto Mulheres de Visão-COMRADIO da Mesa 2 – Mercado de trabalho para pessoas com deficiência: o que devemos saber e fazer? Na parte inferior do cartaz, no canto esquerdo, o texto “Realização: NAU/PRAEC” e em seguida as logomarcas das instituições de apoio: Núcleo de Acessibilidade da UFPI-NAU, Universidade Federal do Piauí-UFPI, Ação Social Arquidiocesana- ASA, Escola Comradio. No canto inferior direito, o símbolo da Língua Brasileira de Sinais na cor azul e branco e logo abaixo o texto “Inscrições: SIGAA/UFPI”.
Mercado de trabalho para pessas com deficiência é tema de evento online para estudantes

O Projeto Mulheres de Visão, através do coordenador Iraildon Mota, participará do debate dividindo a mesa temática "Mercado de trabalho para pessoas com deficiência: o que devemos saber e fazer" com mais duas instuições.

"A contratação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho enfrenta uma série de mitos. Um deles é o que não existe mão-de-obra com esse perfil. Mas isso é um mito", explica Iraildon.


De acordo com dados do IBGE de 2021, só no Piauí, são mais de 860 mil pessoas com deficiência, colocando o estado em 5º lugar no ranking nacional. Porém, o número de vagas reservadas para pessoas com deficiência no mercado de trabalho é de apenas 3.512, segundo informações do eSocial de setembro de 2021.







Blog